Como educar um gato a não subir para cima da mesa ou balcão

Os gatos são exímios trepadores de árvores. Com os seus membros traseiros extremamente musculados, eles conseguem ter um elevado poder de impulsão vertical e horizontal. É natural para os nossos gatinhos saltarem e subirem para locais mais altos pois assim conseguem explorar melhor o ambiente que os rodeia. As suas unhas ajudam também neste processo.

 

Porque é que os gatos trepam para as mesas ou balcões.

Os gatos gostam de subir para as mesas e balcões para poderem vigiar melhor o seu território. Eles podem também utilizar mobília mais alta para fugir de outros animais que tenha em casa ou algo que os tenha assustado. Mesas, balcões, frigoríficos, prateleiras, são tudo locais que os nossos patudos gostam de dormir. Eles também gostam de procurar nas mesas e balcões por comida ou algo que deixamos para trás. Apesar de os nossos gatinhos serem fantásticos acrobatas e raramente partirem alguma coisa, o melhor é ensinar desde cedo o seu patudo a não trepar para onde não deve.

 

Como corrigir este comportamento?

Existem diversas medidas que podem ajudar a combater este comportamento. Pode usar:

  • Ferramentas para dissuadir o comportamento;
  • Arranjar alternativas para o seu animal;
  • Tornar os espaços menos apelativos.

 

Ferramentas para dissuadir o comportamento

Pode educar um gato a não saltar para a mesa utilizando pequenas ferramentas, por vezes denominadas de “armadilhas ambientais”. Os gatos são animais sensíveis, portanto não é boa ideia tentar empurrar ou gritar com eles. Isso apenas os deixará mais apreensivos e com medo de si. O melhor é arranjar ferramentas que possam ajudar a melhorar o comportamento do seu gatinho.

Existem no mercado já algumas ferramentas como o SSSCAT ou StayAway, que funcionam com ar para afugentar o seu gatinho dos lugares onde não devia estar.

Pode também utilizar fita-cola nas extremidades da sua mesa ou balcão para evitar que ele suba. O desconforto evitará que ele volte a tentar subir para o balcão ou mesa.

Estas pequenas ferramentas têm uma grande vantagem pois corrigem o comportamento do seu gatinho mesmo que não esteja em casa.

 

Arranjar alternativas para o seu animal

Se der alternativas ao seu gatinho, para que ele possa trepar e saltar, isso ajuda a ensina-lo para onde é que ele pode ou não trepar.

Arranhadores e trepadores

Para que o seu gatinho possa brincar e trepar à vontade. Se este estiver junto de uma janela fechada, melhor, pois ele pode ficar mais entretido a vigiar o que se passa do outro lado.

 

Brinquedos no chão

Não necessitam de ser caros ou eletrónicos. Por vezes até uma simples bola feita de papel amachucado é o brinquedo ideal para o seu gatinho.

 

 

Caminhas e locais confortáveis pela casa

Assim o seu gatinho não sentirá tanta necessidade de ficar no topo da mesa ou balcão para fazer o seu descanso.

 

Tornar os espaços menos apelativos

  • Manter as superfícies livres de comida, de modo a evitar que o seu gatinho fique tentado;
  • Limpe a mesa, balcões e outras superfícies frequentemente. Para eliminar o odor da comida;
  • Evite deixar na mesa brinquedos ou outros objetos que o seu gatinho goste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *