Porque é que o meu gato dorme na minha cabeça?

 

Já alguma vez se deitou com o seu gatinho aos seus pés e acordou com uma bola de pelo deitada na sua cabeça? Não pense que o seu gato está simplesmente a tentar aborrecê-lo, a razão por detrás deste comportamento pode ser muito simples.

Porque é que o meu gato dorme na minha cabeça?

 

A nossa cabeça é um dos locais onde libertamos o nosso calor corporal e isso faz com que seja um local onde o seu gatinho quer estar. A temperatura corporal média do gato roda os 38 e os 39 graus Celsius, e devido ao seu próprio metabolismo, eles procuram fontes de calor para regular a sua temperatura especialmente durante o sono.

Existem outras teorias relativamente ao comportamento do seu gato. A noção de conforto pode ser uma dela, em que o seu gatinho tenta evitar ser acordado quando tem um dono com o sono mais agitado. Muita gente movimenta-se durante o sono, seja rodando ou até mexendo com as pernas para trás e para a frente. Há sempre muito movimento e, ao estar posicionado mais perto da sua cabeça, ele não teria de se mover tanto, ficando assim mais cómodo.

Por outras palavras, os hábitos nocturnos do seu gato podem ter algo a dizer sobre os próprios hábitos do dono.

Este tipo de comportamento pode ainda estar relacionado com o cheiro da sua cabeça (particularmente o cheiro do seu cabelo), o que pode levar o seu gatinho a sentir-se mais confortável e seguro durante o sono. Sendo que os gatos são animais muito territoriais, eles querem marca-lo com o seu cheiro. Esta percepção de segurança pode ter um papel importante nos hábitos recorrentes do seu felino.

O meu gato dorme com o traseiro virado para mim, é normal?

Muitas pessoas se queixam que o seu gatinho dorme com o traseiro virado para a sua cara. Apesar de não ser o ritual mais apelativo é um bom sinal. Este comportamento significa que o seu gato confia em si, sendo que este nunca viraria as costas a um animal que este não considerasse “parte da familia”. No seu ambiente natural, os gatos procuram os sítios mais seguros para dormir, sendo que na Natureza, esse local é longe de predadores e outros perigos. Em casa, o sítio mais seguro é ao seu lado, sendo que, se algo o acordar, o seu gato estará alerta para o perigo.

 

Os padrões noturnos do seu gato

Apesar destes comportamentos serem muito lisonjeadores para os donos, estes podem perturbar o seu sono. A energia a altas horas da noite está diretamente ligada com o facto de estes estarem sempre à caça de potenciais refeições. Os gatos não têm os mesmos padrões de sono que nós e muitos outros animais possuímos. Estes acordam frequentemente ao longo do dia e noite pois, na Natureza, eles necessitariam de caçar até perto de 20 presas pequenas todos os dias e serem capazes de descansar entre cada captura. Apesar nossos bichanos não terem esses hábitos alimentares, eles mantêm o mesmo instinto natural e o seu relógio biológico continua a funcionar da mesma forma que os seus parentes selvagens.

Encontrar uma solução confortável

Apesar da sua predisposição para a atividade durante a noite, os gatos são flexíveis e podem ser convencidos a adotar hábitos noturnos mais convenientes. Uma boa maneira de convencer o seu gatinho ter uma noite mais tranquila (para si e para ele) é fazer alguma atividade antes de dormir.

Procure usar um brinquedo onde possa simular a caça. Arraste o brinquedo para que o seu gato o possa apanhar e caçar. Após uma longa brincadeira com ele, dê-lhe um bocadinho de comida. Este irá certamente comer e ir dormir logo de seguida.

Lembre-se, todo o gato é teimoso, portanto vai ter de insistir neste tipo de comportamento para que o seu felino se habitue e se torne mais previsível. Assim ambos poderão beneficiar de uma noite mais descansada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *