Cão com leishmaniose

DWQA QuestionsCategoria: CãoCão com leishmaniose
cristina perguntado 3 semanas

Boa tarde, ao meu cãozinho foi diagnosticada leishmaniose e feito o tratamento há 1 ano e meio com o Milteforan. Nesta altura o nível de creatinina nos rins era de 2.0. Após o tratamento andou bem durante esse tempo, a leishmaniose até passou de nível alto para nível baixo. Porém de há um mês para cá piorou e feitas novas análises, constatou-se que houve uma reactivação da leishmaniose e a creatinina nos rins num mês passou de 2.0 para 5.0 ! Actuamente encontra-se fraco, muito magro, sem apetite, com vómitos e tem anemia. A veterinária sugere soro intravenoso durante 6 dias e administração do Glucantime. Ora, este medicamento é muito prejudicial para os rins, ainda mais com uma insuficiência renal como já tem o meu cão. Penso que ele no estado grave em que está, não iria aguentar este tratamento..no entanto não sei ainda o que fazer, se faça esta ultima tentativa para o salvar, ou para o melhorar ou o deixe viver em paz nos seus últimos dias, sem submete-lo a mais tratamento e sofrimento..Gostaria de saber a vossa opinião sincera e honesta.
Muito obrigada pela vossa atenção
Cristina

1 respostas
Joana Prata Staff respondido 3 semanas

Olá Cristina,
Penso que essa questão deverá ser colocada à sua médica veterinária que tem conhecimento do estado do animal e o tem acompanhado ao longo desta patologia. É verdade que o Antimoniato de Meglumina (Glucantime) poderá agravar a insuficiência renal, mas poderá mesmo assim ser aconselhado no tratamento, sendo uma decisão ponderada. Por isso indicava realmente que discutisse a taxa de sucesso do tratamento com a sua médica veterinária, uma vez que ela mais do que ninguém conhece o caso e poderá aconselhar no melhor rumo a tomar.
Abraços,
Joana Prata