A minha gata deixou de usar a caixinha da areia

DWQA QuestionsCategoria: GatoA minha gata deixou de usar a caixinha da areia
marta perguntado 4 meses

Olá, Tenho dois gatos um com 15 anos e uma gata com 8 anos, desde que fiquei grávida a minha gata começou a ter um comportamento diferente. O gato manteve sempre a sua rotina e nele nada mudou, mas a gatinha deixou de usar a caixa de areia para fazer as necessidades. Já tentamos tudo e não adiante. O xixi ela continua a fazer na caixa mas o \”cocó\” ela faz no chão, o que torna a situação bastante desagradável. Já tentamos tudo e nada parece resultar. Mudamos a caixa de areia, mudamos o tipo de granulado da areia, usamos um spray dado pelo médico para relaxar, mas mesmo assim nada resulta. O que poderemos fazer para que a situação volte à normalidade? O bebé já tem um ano e  andamos nesta situação desde que fiquei grávida.   Espero que me possam ajudar Obrigada

1 respostas
Joana Prata Staff respondido 4 meses

Olá Marta,
A primeira coisa que eu faria é levar a gatinha ao veterinário. Patologias com dor durante a micção ou defecação podem levar a que deixem de usar a caixa de areia por associarem à dor. Esta é a primeira coisa a ser excluída.
Por outro lado, houve uma alteração da vossa rotina durante a gravidez e o nascimento do bebé. Alguns gatos reagem pior a mudanças e podem ficar stressados. Por exemplo, provavelmente tem menos tempo para os gatos (o que é normal) e a gatinha poderá ter desenvolvido ansiedade de separação. É uma questão de ver se o comportamento da sua gata se enquadra com esta patologia e seguir o tratamento.
A mudança também pode envolver a própria caixa de areia. Mudaram o sitio da caixa? Ela faz o cocó sempre no mesmo sitio? Já experimentaram colocar a caixa nesse local a ver se ela faz? A caixa está sempre limpa? Quantas caixas tem? O aconselhado é ter 1 caixa para cada animal e uma caixa a mais. Mudanças na caixa também poderão originar aversão pelos gatos mais teimosos 🙂
Espero que consiga convencer a gatinha a usar novamente a caixa. Também já tive uma gata idosa com problemas urinários que só fazia no tapete do WC. Eu sei a frustração de limpar e limpar todos os dias, mas o importante é ter paciência e tentar ajudá-los.
Abraços,
Joana Prata