O sorriso das pessoas é mais atraente para os cães graças à oxitocina

0

O grupo de investigadores da “Canine Mind research project” da Universidade de Helsinki encontrou que a oxitocina torna os cães mais interessados no nosso sorriso. Também verificou que a nossa cara de zangado é menos ameaçadora. A hormona oxitocina é provavelmente o fator chave para esta interação entre nós humanos e os nossos cães.

Sanni Somppi, um dos estudantes de douturamento, diz “Parece que a hormona oxitocina influencia o que o cão vê e a maneira como as interpreta.”

Os investigadores do “Canine Mind” mostraram imagens de sorrisos e cara de zangado a 43 cães. Cada cão foi testado individualmente: uma vez sobre o efeito de oxitocina, que foi administrada como parte do teste, e outra vez sem oxitocina. O olhar do cão foi seguido por um dispositivo de “eye tracking”.

Os nossos cães, tipicamente, focam-se nos aspetos mais marcantes de cada situação, tais como estímulos de ameaça, indispensáveis à sua sobrevivência. Cães sobre a influência de oxitocina estavam mais interessados nos sorrisos das pessoas em vez daquelas que aparentavam ter cara de zangado.

Sendo estes os primeiros a utilizar a técnica de medição da pupila ocular do cão para avaliar o seu estado emocional, segundo Outi Vainio, investigador chefe do grupo, estes verificaram que sem a oxitocina, as pupilas dos cães eram maiores quando estes eram confrontados com caras de zangado. Contudo, quando estes estavam sobre o efeito da hormona oxitocina, as imagens dos sorrisos das pessoas eram mais poderosas, mexendo mais com o estado emocional do cão.

Fonte: https://doi.org/10.3389/fpsyg.2017.01854