Gatos tricolores: são sempre fêmea?

0

Será que é verdade que os gatos tricolores são sempre fêmeas? Neste artigo explicamos como é que os gatos podem ter três cores, e como existem alguns machos tricolores.

O que é um gato tricolor?

Os gatos tricolores (de três cores) não são uma raça, são apenas uma coloração da pelagem. Os gatos tricolores apresentam as cores preto, branco e laranja no seu pelo, sendo que algumas variações incluem cinza e creme. A pelagem tricolor pode ainda ser liso, listrado ou às machas.

Dentro dos gatos tricolores, existem os cálicos e os tartaruga. Nos gatos cálico, as cores organizam-se em grandes blocos, normalmente com a predominância da cor branca. Nos gatos tartaruga, as cores são mais misturadas de forma assimétrica e como predominância do preto.

Geralmente os gatos tricolores são fêmeas devido à genética. A coloração da pelagem está relacionada com os cromossomas sexuais, e por isso limita o aparecimento de gatos tricolores machos. Já a coloração branca não se relaciona com os cromossomas sexuais e pode estar presente em fêmeas e machos dando pelagens de duas cores.

 

 

Genética dos gatos tricolores

A genética dos gatos tricolores relaciona-se com a coloração do pelo. A coloração do pelo está ligada ao cromossoma sexual X.  Os cromossomas são estruturas que se encontram no núcleo de cada célula e que são constituídas pelo material genético (ADN) e proteínas.

Nos mamíferos, a atribuição do sexo relaciona-se com a combinação dos cromossomas sexuais X e Y. Os óvulos contêm sempre um cromossoma X, sendo que o espermatozoide poderá transportar um cromossoma X ou Y, fazendo a determinação do sexo na descendência.

Assim, as fêmeas apresentam-se como XX e os machos como XY. Uma vez que a coloração laranja e preta apenas é codificada pelo cromossoma X, mas não pelo Y, apenas as fêmeas podem ser tricolores. A terceira cor, o branco, está presente num cromossoma não ligado à determinação do género.

A gata fêmea que receba um cromossoma X laranja e um cromossoma X preto será tricolor. Em cada célula da fêmea apenas um dos dois cromossomas X está ativo, levando a uma mistura das cores preto e laranja, com a cor base de branco.

Os machos recebem apenas um cromossoma X. Assim, os machos apenas poderão ser laranjas ou pretos, mas não em simultâneo. Isto porque o cromossoma Y que determina o sexo masculino não está envolvido na determinação da cor da pelagem.

 

porque lambem os gatos

 

Então gatos tricolores são sempre fêmea?

Sim e não. Em gatos machos com cromossomas XY é impossível aparecer as três cores, pois apenas têm um cromossoma sexual X que determina uma cor para além do branco que é independente do sexo. No entanto, existem gatos machos com uma anomalia genética XXY que podem ser tricolores.

Os gatos XXY são raros, e por isso, ver gatos machos tricolores são raros e por vezes vistos como impossíveis de existir. Mas existem. Um erro genético na formação do óvulo ou espermatozoide confere a estes animais um cromossoma sexual X extra. E tal como as fêmeas, a inativação aleatória do cromossoma X nas células permite o aparecimento de um padrão tricolor.

No entanto, o gato macho XXY necessita de herdar um cromossoma X para laranja e outro para preto. Se herdar ambos cromossomas X para laranja (ou preto) será apenas dessa cor, ou na sua combinação com branco. Portanto, existem gatos tricolores machos quando há uma anomalia genética com três cromossomas sexuais (XXY).

Estes gatos tricolores normalmente são saudáveis. No entanto, os gatos tricolores machos são estéreis devido à presença de um cromossoma a mais, logo não se podem reproduzir.

Conclui-se que é possível existir gatos tricolores machos, apesar de ser mais frequente observar esta coloração de pelagem nas fêmeas.