18 raças de cães mais sensíveis ao frio do inverno

0

No inverno, o frio é uma constante e os passeios com o cão tornam-se mais complicados para ambos. No entanto, há cães que amam o frio e neve, como o Husky, e outros que gostam é mesmo de uma caminha quente perto do aquecedor, como o Chihuahua.

Raças mais sensíveis ao frio são normalmente raças de cães com pouco isolamento térmico e com elevada perda de calor corporal. O isolamento é conferido pela gordura e pelo, sendo que baixa gordura e pelos curtos e sem subpelo conferem pouco isolamento térmico. Por outro lado, o porte pequeno ou o focinho achatado (cães braquicefálicos) têm maior perda de calor corporal.

Por isso, raças que estejam sujeitas a estes fatores são mais sensíveis ao frio, sendo necessário o dono ter cuidados redobrados nos meses de inverno. Estes cuidados incluem passeios curtos, manter o cão limpo e seco, proporcionar áreas quentes para o descanso e até usar roupinha de inverno.

Para saber mais facilmente se o seu cão precisa de cuidados adicionais no inverno, segue-se uma lista das 18 raças mais sensíveis ao frio do inverno:

 

Chihuahua

O Chihuahua é uma raça com origens no México, uma região quente. Por isso não é de surpreender que esta raça não se dê muito bem com os climas frios. Para além do pelo curto, o Chihuahua tem um porte pequeno que facilita a rápida perda de calor corporal. Deverá ter cuidados redobrados com o seu Chihuahua nos meses mais frios do ano.

 

Galgo

Os Galgos são outra raça muito sensível ao frio. O seu pelo curto oferece pouco isolamento nos dias frio. O corpo dos Galgos é magro, uma vez que são cães de corrida. O baixo teor em gordura corporal oferece menos isolamento levando a maior perda de calor corporal e assim, maior sensibilidade ao frio.

 

Pitbull Terrier

O Pitbull Terrier é uma raça muito musculada, o que poderia levar-nos a pensar que tolera bem o frio. No entanto, o pelo curto e a pele sensível leva a que tenham uma grande sensibilidade ao frio. Por isso, não se esqueça de manter o seu Pitbull quentinho no inverno.

 

 

Boston Terrier

O Boston Terrier é outra raça de pelo curto que perde facilmente o calor corporal. Para agravar a situação, o focinho curto desta raça braquicefálica leva a que perca calor mais facilmente pela respiração, uma vez que o ar não é aquecido pelo longo focinho. Por isso, o cuidador deverá moderar os passeios nos dias de inverno.

 

 

Pug

O Pug é outra raça de focinho curto e de pelo curto que tem muita sensibilidade ao frio por facilmente perder o seu calor corporal. O tamanho pequeno ainda facilita esta perda de calor.

 

 

Bulldog Francês

O Bulldog Francês, à semelhança dos anteriores, é também uma raça de focinho curto e pelo curto. Por isso, o Bulldog Francês não se dá muito bem em climas frios e prefere uma cama quentinha onde passar os dias frios de inverno.

 

Greyhound

O Greyhound é um cão magro e ágil, também criado como cão de corrida. No entanto, o corpo elegante e pobre em gordura corporal, coberto apenas por uma fina camada de pelo curto, leva a que esta raça não tolere bem o frio.

 

 

Boxer

O Boxer é uma raça de cães muito musculada. Mas como o Boxer tem pelo curto, é considerada uma raça sensível ao frio. No entanto, quando quentinho gosta de brincar na neve, tolerando-a bem.

 

 

Grand Danois

O Grand Danois é um cão de raça gigante, o que nos poderia levar a pensar que devido ao tamanho conseguiria manter a temperatura corporal. No entanto, o corpo do Grand Danois está coberto por um pelo curto que confere pouco isolamento térmico.

 

Cão de Crista Chinês

O Cão de Crista Chinês podem ter uma pequena cobertura de pelo fino, incapaz de isolamento, ou até não ter pelo algum. Por isso, são uma raça muito sensível ao frio do inverno.

 

 

 

Dachshund

O Dachshund é uma raça de pelo curto e muito baixa, estando muito próxima do chão. Por isso, estes cães sentem muito o frio, especialmente quando há neve ou erva molhada a tocar-lhes na barriga. Por isso, é preciso ter muito cuidado em manter o Dachshund quentinho.

 

Basenji

O Basenji é uma raça de cães originária da África central e por isso prefere climas quentes. Se tem um Basenji, não se esqueça de o proteger do frio do inverno.

 

 

 

Pinscher miniatura

O Pinscher miniatura é um cão que adora esconder-se por baixo dos cobertores quentinhos. Não é uma raça que goste muito de passear no frio ou neve. Por isso proteja-o com roupa quentinha antes de o levar a passear.

 

Fox Terrier Toy

O Fox Terrier Toy é um cão com pelo fino e de porte pequeno, o que leva a grandes perdas de calor corporal. Logo, deverá ter cuidados redobrados com o seu Fox Terrier Toy nos meses frios.

 

 

Yorkshire Terrier

O Yorkshire Terrier tem pelos compridos, mas muito finos e sem subpelo. Logo, este pelo oferece pouco isolamento contra o frio. Não se esqueça de vestir um casaquinho antes de passear o seu Yorkshire Terrier.

 

Pointer Alemão de pelo curto

O Pointer Alemão de pelo curto também é um cão muito energético com pouca gordura corporal. Por isso, é um cão sensível ao frio e que poderá precisar de uma roupinha para o inverno.

 

Vizsla

O Vizsla é uma raça rara mas que é sensível ao frio. O Vizsla é uma raça de desporto, cheia de energia e com pouca gordura corporal. Ainda têm um pelo curto sem subpelo, o que os torna suscetíveis ao frio do inverno.

 

Xoloitzcuintli

O Xoloitzcuintli, ou cão mexicano sem pelo, é uma raça rara mas que vale a pena mencionar. Estes cães carecas não têm qualquer isolamento térmico, passando muito frio no inverno. Por isso é importante vestir uma roupa quente ao seu Xoloitzcuintli nos dias mais frios.

 

O seu cão é uma destas raças? Qual é a sua experiência no clima frio?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome aqui