Como fazer férias com animais de estimação?

0
ferias

Para os cuidadores de animais de estimação, as férias podem ser uma altura de relutância. Seja fazer uma viagem de uns dias a umas semanas, é preciso planear com antecedência. Será que o ideal é levar o companheiro de quatro patas ou deixá-lo ao cuidado de pessoas experientes e de confiança?

Deixar o cão ou gato em casa durante as férias

Deixar o cão ou gato com amigos ou família

Se tem um cão ou gato mais tímido, nervoso ou pouco experiente em viajar e explorar novos locais, talvez a melhor opção seja deixá-lo num local calmo e relaxado. Poderá deixar o seu companheiro em casa garantindo que alguém se responsabiliza por tomar conta dele.

A pessoa que ficará responsável pelo animal deverá ser experiente, cuidadosa e conhecer todas as necessidades do cão ou gato. Poderá deixá-lo aos cuidados de vizinhos, amigos ou familiares. Poderá deixá-lo na sua casa ou na casa deles. Para facilitar, poderá adicionar fontes de águas e alimentadores automáticos.

É importante providenciar toda a informação sobre o animal. Os documentos do animal devem ficar a cargo dos cuidadores temporários. Informações sobre dieta, saúde e atual médico veterinário também deverão ser transmitidas antes da viagem.

Vantagens Desvantagens
Ambiente conhecido e confortável;Manutenção de rotinas;Sem perigo de destruir propriedade de outrem;Brinquedos, comida, e espaço conhecidos;Não há animais estranhos;A visita para cuidar do animal também permite cuidar da casa (ex. ver correio);Fácil e sem custos. Os animais sentem-se sós;Maior risco de falhas nas refeições ou passeios;Maior risco de acidentes;Os animais estarão à espera do cuidador, o que poderá originar stress;Não aceitação do cuidador temporário.

Deixar o cão ou gato com um pet sitter ou num hotel animal

Em alternativa, poderá contratar um pet sitter ou um hotel animal. Estas opções são mais dispendiosas, mas asseguram que passa umas férias descansadas. Estes serviços são prestados por profissionais experientes e saberão responder em caso de perigo ou ameaça à saúde. Neste caso, também deverá deixar toda a informação relativa ao animal.

Nos hotéis para animais, os profissionais terão instalações, equipamento e formação adequada. Não se esqueça de visitar o hotel para animais antes de decidir inscrever lá o seu animal. Em alternativa, alguns hospitais veterinários fazem serviço de hotel. Esta opção deverá ser considerada especialmente se o animal sofre de problemas de saúde.

Para tornar a estadia mais confortável, leve objetos conhecidos. Brinquedos e mantas podem transformar a jaula do hotel num ambiente familiar. Assim garante que o seu cão ou gato se sintam (quase) em casa durante as suas merecidas férias.

Vantagens Desvantagens
O animal terá mais companhia humana e animal;Tempo exclusivo para brincadeiras e passeios;Novas áreas para explorar;Menor solidão. Ambiente desconhecido pode causar stress;Possível conflito com outros animais;Possível desconforto na instalação;Necessidade de marcação e transporte do animal.

Como levar os animais de companhia de férias

Levar o animal de companhia de férias poderá ser uma opção. Se o seu animal é aventureiro, está habituado a longos passeios ou viagens e é amigável com pessoas e animais estranhos, esta poderá ser uma possibilidade.

As viagens com animais de estimação podem ser muito divertidas. Mas requerem planeamento. Quando for marcar as suas férias, não se esqueça de esclarecer as condições para o seu animal.

Algumas questões relevantes durante o planeamento das férias com animais de companhia incluem:

  • O meu animal de companhia está socializado e treinado a estar em sítios públicos?
  • Como será feito o transporte do animal para o local de férias?
  • Quais são as regras de entrada de animais em países estrangeiros?
  • O hotel da estadia permite animais de companhia?
  • Como ficará o animal de companhia alojado no hotel? No quarto ou em jaulas?
  • Quais são as regras de circulação, ruído e locais proibidos ao animal no hotel?
  • O hotel fornece um serviço de pet sitting ou jaula para manter o animal durante o dia enquanto os cuidadores saem para explorar?
  • Os locais a visitar, como praias, parques e estabelecimentos, permitem a entrada de animais?
  • Quais são os serviços de urgência, como médicos veterinários, mais próximos?

Como fazer viagens com animais de estimação durante as férias?

As viagens com cães e gatos podem ser dos momentos que requerem maior planeamento. Com maior frequência, as viagens são feitas de carro ou de avião, sendo que cada uma tem diferentes preocupações.

cat-train

Como fazer uma viagem de carro com o cão ou gato:

  • Antes da viagem, convém habituar o cão ou gato à caixa de transporte e ao carro. Poderá começar com deixar a caixa ou o carro para serem exploradas. Depois deverá habituar o animal a pequenas viagens de carro, que progressivamente se prolongam. Este treino deverá preceder em alguns meses a visita. Idealmente deverá ocorrer desde tenra idade.
  • Antes da viagem, certifique-se que tem todos os documentos do animal e que este está identificado com microchip e também através da coleira, caso se perca acidentalmente. Também deverá informar-se acerca de cuidados de saúde animal na área para saber onde se dirigir em caso de emergência.
  • Durante a viagem, o cão ou gato devem viajar dentro da caixa de transporte, presos com o arnês ao cinto de segurança ou atrás das grades da mala. Para além de restringir movimentos que possam distrair o condutor, têm o principal objetivo de proteger o animal em caso de acidente.
  • Durante a viagem, planeie paragens frequentes (por exemplo, a cada 2 horas), para que o animal possa beber água fresca e fazer as necessidades. No caso dos gatos, é necessário levar uma caixa de areia na mala e permitir o animal a utilizar em segurança.

aviao-ferias

Como fazer uma viagem de avião com o cão ou gato:

  • Antes de comprar os bilhetes, certifique-se da política de transporte de animais da companhia aérea. Idealmente, deverá levar o animal na cabine onde o seu transporte é mais seguro.
  • Fale com o seu médico veterinário acerca das opções para reduzir o stress durante a viagem. Em viagens longas, poderão ser necessário utilizar calmantes.
  • Certifique-se que leva uma caixa de transporte aprovada pela companhia aérea e que a torna mais confortável colocando mantas com cheiros familiares.
  • Gaste o máximo de energia com brincadeiras e passeios antes da viagem de avião, para que o animal fique mais calmo durante a viagem.

Onde passar férias com o animal de estimação?

Se o seu companheiro de quatro patas o vai acompanhar nas férias deverá procurar alojamentos que aceitem animais. Já existem vários hotéis que permitem animais de companhia, mas deverá certificar-se sempre de quais são as condições deste. Alguns hotéis poderão permitir o animal estar no quarto, enquanto outros poderão ter um canil onde os animais passam a noite.

Casas e apartamentos para aluguer também podem ser uma opção quando levar o cão ou gato de férias. Tal como os hotéis, deverá certificar-se que é pet friendly e quais são as condições de utilização. A vantagem do aluguer de casas e apartamentos é maior liberdade para disfrutar as férias com o seu companheiro de quatro patas.

Campismo também é uma alternativa para aqueles que gostam da proximidade com a natureza. Muitos parques de campismo em Portugal permitem animais de companhia. Tal como os restantes alojamentos, convém sempre confirmar as regras de utilização e a disponibilização de espaço, como de canis. No campismo deverá haver especial atenção para que o animal não se perca dos seus tutores.

O que deve estar na mala de viagem do animal de companhia?

Antes de sair de férias é necessário fazer as malas. Tal como nós, os nossos animais de companhia precisam de alguns objetos essenciais. As taças de água e comida, caminha, brinquedos, peitoral e trela, caixa de areia (no caso dos gatos), transportadora devem fazer parte do que leva consigo. Também deverá levar comida suficiente para que não tenha que alterar a dieta durante as férias, caso não encontre a marca no local.

É importante levar toda a documentação do animal. E claro, não esquecer de fazer uma consulta do viajante com antecedência caso seja necessário algum tipo de vacinação ou tratamento de saúde prévio. Para animais que sofrem de doenças crónicas, o ideal é levar medicação em excesso e garantir que há serviços veterinários próximos em caso de urgência.

malas-ferias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome aqui