Como fazer uma viagem longa de carro com animais de estimação

Como fazer uma viagem longa de carro com animais de estimação

Se pretende fazer uma viagem longa de carro com animais de estimação então deve estar preparado para os desafios que vai enfrentar. Viajar de carro com o seu animal pode ser bastante stressante, no entanto com alguma preparação poderá tornar essa viagem mais segura e confortável.

Viajar com animais envolve mais que preparar a mochila e colocar o seu animal no lugar de trás. Se pretende fazer uma viagem longa com o seu pet então existem algumas coisas que deve saber e fazer antes de arrancar.

 

Legislação

A legislação alusiva ao transporte de animais de companhia é abordada pelo no nº 10 do Decreto-Lei nº 276/2001, de 17 de outubro e posteriormente no Decreto-Lei nº 315/2003, de 17 de dezembro.

A lei apenas menciona que o animal não pode prejudicar a condução, ou seja, este não pode afetar o condutor e a visibilidade do mesmo. Se viajar de carro para outro país, consulte o código da estrada do país em questão.

A Assembleia da República aprovou o novo estatuto jurídico dos animais de companhia, que passa a atribuir aos animais um estatuto de “seres vivos dotados de sensibilidades” e “objetos de proteção jurídica em virtude da sua natureza”. Apesar disso, o seu animal de estimação não pode andar solto no seu carro, deve estar devidamente condicionado. Caso isso não se verifique pode mesmo incorrer em coimas.

Desde que sejam animais de estimação não é necessária qualquer licença de transporte em automóveis.

 

Antes de fazer uma viagem longa de carro com o seu pet

O seu animal de estimação é o seu melhor amigo, portanto vai querer que ele esteja consigo onde quer que vá. No entanto alguns cães e gatos não se dão bem com viagens longas de carro. Ansiedade, stress e indisposição podem ser prováveis durante a sua viagem de carro.

Além disso, é necessário ter todo o material e documentação necessários para que o seu animal tenha uma viagem segura e calma.

 

Dicas para o seu cão ou gato começar a gostar de andar no seu automóvel

  • Pequenas viagens com o seu animal de estimação;
  • Controlar o ambiente do seu carro;
  • Usar objetos positivos para o seu animal.

 

Pequenas viagens de carro com o seu animal de estimação

Para muitos animais, as únicas viagens de carro que conhecem são mesmo as viagens ao veterinário e essa é uma das principais razões pela qual muitos deles não associam uma viagem de carro como uma experiência positiva.

Deve introduzir as viagens de carro desde cedo para o seu animal e diversificar as suas saídas para evitar que o seu animal faça uma associação negativa à experiência.

 

Controlar o ambiente do carro

Já dentro do seu carro, deve manter um ambiente calmo e confortável para o seu animal. Confira se a temperatura do seu automóvel está apropriada para o seu animal.

Além da temperatura, deve manter o carro com um som calmo e tranquilo para que o seu animal se sinta confortável.

 

Usar objetos positivos para o seu animal

Pode usar objetos como reforço positivo para o seu amigo de 4 patas. Mantinhas ou brinquedos que ele goste podem ajudar a que se sinta mais relaxado, seguro e confortável.

cao-descancar

Antes de viajar com um animal

  • Ir em pequenas viagens com ele;
  • Ter os seus documentos;
  • Mochila com bens essenciais;
  • Usar dispositivos de segurança apropriados;
  • Controlar a alimentação;
  • Consultar um médico veterinário.

 

Ir em pequenas viagens

Tal como já mencionamos em cima, antes de ir em viagens longas de carro com o seu cão, deve ir em pequenas viagens para que este se ambiente ao seu automóvel. Deve também tentar fazê-lo o mais cedo possível.

 

Ter os seus documentos

Apesar de não ser necessária qualquer documentação ou licença para viajar de carro com o seu cão ou gato, deve sempre ter consigo documentos identificativos do animal e também documentação relacionada com a saúde do seu animal (ex: boletim de vacinas, documentação sobre medicação, etc).

 

Mochila com bens essenciais

Antes de fazer uma viagem longa de carro com animais de estimação deve sempre fazer uma mochila com os bens essenciais que vai precisar, entre eles:

  • Documentação necessária (ver acima);
  • Comida;
  • Água;
  • Utensílios para apanhar dejetos do seu animal (caixa de areia, saquinhos, etc);
  • Coleira e trela;
  • Alguns brinquedos e mantinhas favoritas do seu animal;
  • Medicação que o seu animal possa estar a tomar;

 

Usar dispositivos de segurança apropriados

Existem três formas de fazer o transporte de animais em automóveis, a caixa transportadora, o cinto de segurança e a grelha divisória;

A caixa transportadora é a forma mais utilizada. Desde que adequada ao seu animal de estimação, ela impede que ele prejudique a sua condução e oferece mais uma camada de proteção em caso de acidente.

No caso dos cães, também pode optar por lhe colocar um cinto de segurança. Trata-se de um dispositivo que é acrescentado ao sistema de cinto de segurança do carro e que faz a ligação com o peitoral.

Por último temos também a rede ou grelha divisória. Normalmente esta fica colocada entre o porta-bagagens e os bancos traseiros para evitar que o não possa ser projetado para a frente. No caso de animais de grande porte, esta pode-se tornar inconveniente pois este pode impedir a entrada de estranhos na viatura em caso de acidente.

 

Controlar a alimentação

Os nossos animais podem sentir enjoos como nós, especialmente depois de uma refeição. Para contornar essa situação apenas deve alimenta-los 3 a 4 horas antes da viagem. Eles não têm problema em aguentar umas horas sem uma refeição e assim farão uma viagem mais tranquila. Já no caso da água, esta deve estar constantemente presente durante a viagem.

 

Consultar um veterinário

Consulte o seu veterinário antes de viajar, este pode receitar calmantes no caso de o problema do seu animal ser ao nível do stress causado pela viagem.

 

Artigos relacionados:

Como fazer uma viagem longa de carro com animais corretamente

  • Passear antes da viagem;
  • Jejum;
  • Dispositivo de segurança colocado corretamente;
  • Paragens frequentes;
  • Ter atenção às janelas do veículo;
  • Não dar comida durante a viagem;
  • Levar a documentação necessária;
  • Levar a mochila e objetos do seu animal;
  • Levar objetos de prevenção para o seu animal;
  • Consultar um veterinário.

 

Passear antes da viagem

Se for viajar com cães dê sempre um passeio antes da viagem. Eles vão gastar as suas energias e fazer as suas necessidades.

 

Jejum

Tal como já referimos, deve apenas alimenta-los 3 a 4 horas antes da viagem. Eles não têm problema em aguentar umas horas sem uma refeição e assim farão uma viagem mais tranquila. Já no caso da água, esta deve estar constantemente presente durante a viagem.

 

Dispositivo de segurança colocado corretamente

É essencial que tenha optado por um dispositivo de segurança que se adeque ao seu animal de estimação, para que este faça a viagem o mais calmo e seguro possível. Deve sempre ter atenção à colocação do dispositivo. Um dispositivo mal colocado pode colocar em causa a segurança de todos dentro da viatura. Ao parar, não abra logo as portas do seu carro sem pôr uma trela ao cão nem não abra as portas ao lado da estrada.

 

Paragens frequentes

As paragens são essenciais, no máximo de 2 em 2 horas, para evitar o stress do animal, para as suas necessidades básicas, para este se exercitar, etc. Nunca deixe o seu amigo de quatro patas dentro do veículo parado, por tempo algum, pois o excesso de calor pode conduzir à morte.

 

Ter atenção às janelas do veículo

Viajar com o seu animal de cabeça de fora da janela do veículo não é de todo seguro e pode resultar numa otite ou até mesmo numa queda mortal. Caso o seu animal se assuste, no caso de não estar devidamente condicionado, ele pode tentar saltar pela janela do seu veículo.

 

Não dar comida durante a viagem

Não deve dar comida ao seu animal durante uma viagem longa de carro. Ele vai ter tempo para comer assim que chegar. Se o tentar alimentar pode resultar em enjoos e posteriormente vómitos. No entanto, água é fundamental! O seu animal deve ter sempre acesso a água para se hidratar.

 

Levar a documentação necessária

Tal como já foi referido acima, apesar de não ser necessária qualquer documentação ou licença para viajar de carro com o seu cão ou gato, deve sempre ter consigo documentos identificativos do animal e também documentação relacionada com a saúde do seu animal.

 

Levar a mochila e objetos do seu animal

Para complementar a informação acima descrita, a malinha do seu animal deve conter:

  • Alimento e água suficientes;
  • Caixa de areia (no caso do gato);
  • Trela ou peitoral (açaime se necessário);
  • Brinquedos, mantas, caminha;
  • Uma fotografia do seu animal (Caso ele se perca);
  • Saquinhos para recolher dejetos (no caso do cão);
  • Coleira devidamente identificada;
  • Medicamentos Habituais (caso esteja a tomar algum).

 

Levar objetos de prevenção para o seu animal

Deve ter consigo um resguardo, fraldas, toalhitas, ou até uma capa protetora de bancos no caso de o seu animal vomitar. Esta ajuda extra fará com que o trabalho de limpeza seja mais fácil.

 

Consultar um veterinário

Se ainda tem alguma dúvida sobre o transporte do seu animal numa viagem longa de carro então deve contactar o seu veterinário e tirar alguma dúvida que ainda exista. Também deve falar com ele caso ache que o seu animal necessitará de um calmante ou algum medicamento para o enjoo durante a viagem.

 

Gostou deste artigo? Consulte outros artigos sobre o comportamento de cães e comportamento de gatos.