Gravidez Psicológica Canina: o que fazer?

14

A gravidez psicológica canina cursa com o comportamento maternal e alterações fisiológicas (simulando a gestação, parto e lactação) em cadelas não gestantes. Deve-se à maior susceptibilidade da cadela à variação natural das hormonas reprodutivas.

O que é a Gravidez Psicológica Canina?

A gravidez psicológica em cadelas ocorre devido às hormonas sexuais libertadas naturalmente no ciclo reprodutivo da cadela. A cadela não gestante demonstra comportamentos maternais e sinais físicos de gestação cerca de 2 meses após o cio (estro), na altura em que ocorreria o parto.

Ocorre em cadelas de qualquer idade, podendo afectar até 50 a 75% das fêmeas não castradas, e não se associa a outros problemas reprodutivos. A gravidez psicológica em gatos raramente é observada. Pensa-se que esta característica foi desenvolvida para as lobas da alcateia poderem alimentar e cuidar dos filhotes da loba alfa.

Sinónimos: falsa gravidez, pseudogravidez, pseudogestação, pseudociese, gestação psicológica.

Sintomas da Gravidez Psicológica Canina

Os sintomas de gravidez psicológica em cadelas cursam principalmente com comportamentos maternais e alterações físicas simulando uma gestação ou lactação.

A cadela com gravidez psicológica irá inicialmente apresentar alterações no comportamento como inquietação, menor actividade, fazer ninho, agressão, lamber o abdómen e adopção de objectos.

Mais tarde aparecem os sinais físicos, como ganho de peso, aumento da glândula mamaria, secreção de leite e contracções abdominais simulando o parto.

A intensidade dos sintomas é variável em cada indivíduo, dependendo da sensibilidade ou intensidade da libertação da hormona prolactina. Poderá ser recorrente.

Sinais comuns de gravidez psicológica em cães:

  • Comportamento maternal
  • Fazer ninho
  • Afecto, protecção e adopção de objectos (ex. cuidar de um brinquedo)
  • Agressão
  • Lamber
  • Distensão da glândula mamária
  • Lactação e secreção de leite
  • Ganho de peso
  • Falta de apetite (anorexia)
  • Inquietação

Sinais menos comuns de gravidez psicológica em cães:

  • Vómito
  • Distensão abdominal
  • Contracções abdominais (sinais de parto)
  • Diarreia
  • Aumento da urina (poliuria)
  • Aumento do consumo de água (polidipsia)
  • Aumento do consumo de alimentos (polifagia)

Causas da Gravidez Psicológica Canina

A gestação psicológica em cadelas é uma consequência das hormonas sexuais libertadas naturalmente durante o seu ciclo reprodutivo.

Após o cio (estro), segue-se o diestro com libertação de progesterona. No seu final, há queda da progesterona e aumento da prolactina, que induz desenvolvimento mamário e comportamento maternal.

Este é um ciclo natural após a ovulação em todas as cadelas. Mas maior sensibilidade ou libertação da hormona prolactina poderá originar a pseudogestação em cadelas.

A duração prolongada do diestro (ou fase lutea) com libertação de progesterona poderá predispor a espécie canina a esta patologia.

Outras causas que impliquem o balanço das hormonas sexuais poderão também estar na origem da patologia, e são:

  • Finalização de tratamentos com progestina (simula progesterona);
  • Castração a seguir ao cio, quando a progesterona está elevada;
  • Hipotiroidismo ou hipertiroidismo porque estimula a secreção de prolactina.

A patologia poderá piorar com estimulação da glândula mamaria (massajar, colocar sacos quentes, retirar leite) ou com tranquilizantes derivados das fenotiazinas.

Diagnóstico da Gravidez Psicológica Canina

O diagnóstico é baseado nos sinais clínicos, ou seja, no comportamento maternal e alterações fisiológicas em cadelas não gravidas.

No entanto é importante descartar outras hipóteses como gestação ou parto sem conhecimento do dono, aborto, piometra, mastite ou neoplasias.

Assim, o diagnóstico poderá ser auxiliado pela realização de ecografias, radiografia, exames ou sangue ou citologias vaginais. Estes também são necessários para diferenciar a gravidez psicológica da verdadeira.

Outras causas a serem excluídas são patologias na tiróide, renais ou hepáticas e administração de esteroides ou fármacos psicoactivos.

Tratamento da Gravidez Psicológica Canina

O que fazer quando a cadela está com gravidez psicológica? O ideal é consultar o seu médico veterinário.

Geralmente o tratamento não será necessário e os sintomas desaparecerão dentro de 2 a 4 semanas. Esta é uma variação natural das hormonas sexuais.

Quando as alterações comportamentais e fisiológicas são extensas e incomodam o dono é necessário realizar tratamento. Casos leves recorrentes também poderão ser tratados devido à possível relação com tumores mamários.

Maneio da cadela

Castração: esta cirurgia evita recorrência, é a única medida preventiva permanente para gravidez psicológica. No entanto não deverá ser realizada durante a pseudogestação, idealmente será realizada no anestro (período de pausa do ciclo reprodutivo).

Como secar leite em cadelas com gravidez psicológica? Minimizar estímulos na glândula mamária: não tocar, não retirar leite, não colocar compressas, colocar colar isabelino (cone) para evitar que a cadela lamba. Reduzir a quantidade de alimento por 3 a 4 dias pode ajudar reduzir a lactação.

Acupunctura: ajuda a reduzir a concentração de prolactina.

Medicamentos

Androgenio (hormonas masculinas, Testosterona, Mibolerone): podem inibir a lactação e reduzir a duração da pseudogestação, mas têm como efeitos secundários a hiperplasia do clitóris, virilização e epífora (lacrimejar).

Agonistas da Dopamina (Cabergolina, Bromocriptina, Metergolina): inibem a secreção de prolactina actuando na glândula pitaria, mas têm como efeitos secundários distúrbios digestivos (vómitos, anorexia), depressão e alterações comportamentais. A Cabergolina têm maior bioactividade, efeitos prolongado e menor incidência de vómitos sendo só preciso uma administação diária.

Tranquilizantes: para reduzir o comportamento e auxiliar o dono.

Prognóstico da Gravidez Psicológica Canina

O prognóstico é bom: sem tratamento cura-se em 2 a 4 semanas e com tratamento com Bromocriptina ou Cabergolina resolve-se em 1 semana.

Não altera a fertilidade da cadela nem aumenta o risco de piometra. No entanto poderá ser recorrente em cadelas susceptíveis, repetindo-se após cada cio.

Algumas consequências da gestação psicológica são a hiperplasia mamária (aumento da glândula mamária), mastite (inflamação da glândula mamária), dermatite (por lamber) e aumento do risco de tumores mamários. A única forma de prevenção é a castração (ovariohisterectomia, OVH).

Fonte: Gobello C., Concannon P.W., Verstegen J. (2001) Canine Pseudopregnancy: A Review. In: Recent Advances in Small Animal Reproduction, Concannon P.W., England G., Verstegen J. (Eds). Publisher: International Veterinary Information Service, Ithaca, New York, USA.

14 COMENTÁRIOS

  1. Matéria excelente!
    Tenho muito medo do câncer, pois já houve casos na linhagem dela.
    Trouxe ela pra mim agora, com 13 anos ( e eu tenho uma gata com está idade, mas castrada).
    Minha mãe faleceu e tinha dó de castrar, dentistas.
    Está com um dentinho quebrado, e saúde muito ruim.
    Os rins estão muito ruins. E a gravidez dela perturba muito pois todos sofremos.
    Ela fica exausta. E nós também.
    As mamas parecem estar excelentes.
    Só incham um pouco e dá muito leite.
    Me ajudem de puderem.

    • Olá Angela,

      Se tiver que anestesiar para remover dentes pode aproveitar fazer a castração em simultâneo. Uma vez que é um animal idoso e já com problemas de rins, imagino que não queiram seguir para cirurgia. Por isso sugeria que visse as opções de pílulas que vão evitar a entrada em diestro e o sinais da gravidez psicológica.

      Abraços,
      Joana prata

  2. oi minhas cachorras elas tem ataque de convulsao quando sentem medo as vezes da quando vai vacinar por isso tenho medo de castrar elas 5 anos de idade tem remedios que possam diminuir os hormonios sem causar danos a sua saude

    • Olá Luis,

      A cadela sofre de epilepsia? Não há qualquer procedimento médico que não possa ter efeitos secundários. Pode tentar evitar o cio e a entrada em gravidez psicológica com pílulas, no entanto trazem riscos como cancro da mama entre outros (à semelhança das pílulas para gatas). Portanto é uma questão de optar entre o tratamento definitivo com o risco de sofrer o ataque ou a administração de pílulas que pode trazer consequências para a saúde da cadela a longo prazo.

      Abraços,
      Joana Prata

  3. Boa noite a minha cadela teve uma gravidez psicológica e eu dei um medicamento para lhe secar o leite. onde comprei no veterinário. eu gostaria de saber se a medicação faz atrasar o seu siu? é que ainda não lhe apareceu e já devia ter vindo. obrigada

    • Olá Cristiana,
      É difícil dizer sem saber qual é o medicamento que está a administrar.
      Abraços,
      Joana Prata

  4. Boa tarde,

    estou a servir de mãe adotiva, se assim posso dizer, de uma cadelinha “de rua” e ela está precisamente agora a passar por uma gravidez psicológica (nunca me tinha acontecido). Fui com ela à veterinária e confirmou-se, iniciou na passada quarta-feira, o Contralac 20, 1+1/2 comprimido (2mg) para 23,40kg de peso, durante 8 dias para secar o leite. Ponderam continuar com o tratamento caso assim achem melhor, mas na bula do medicamento falam em 8 dias no total. Gostaria saber sua opinião.
    Para além disto, estou a ponderar seriamente esterilizar a menina pois assim diminuirá as probabilidades de aparecimento de cancer e outros problemas associados. Gostaria que me indicasse que tipos de exames devo fazer primeiro, pois ela parece ter um nódulo bem definido numa das maminhas, e o que será mais economico. Já esterilizei a minha menina Mimi, mas foi diferente, foi logo após a sua gravidez portanto estava a ser vigiada.
    Agradeço desde já a Sua atenção,
    Ana Lucia Ribeiro (+ uma apaixonada pelos animais)

    • Olá Ana,

      Acho que deve seguir a recomendação do seu médico veterinário e não se preocupar muito uma vez que não está a ultrapassar o tempo de toma recomendado. Esterilizar evita a entrada em gravidez psicológica uma vez que é provocada pelas hormonas sexuais, por isso é boa opção. Em relação aos testes, em animais jovens não é comum realizar muitos testes antes da cirurgia. Apenas se faz um exame clínico normal onde o médico veterinário avalia a saúde do animal. Em animais mais velhos, ou caso os donos optem, pode fazer-se análise ao sangue a à urina para confirmar o estado de saúde. Quanto ao quisto, poderá ser resultado da gravidez psicológica. Poderá pedir ao médico veterinário que o avalie e se ainda estiver presente após a gravidez psicológica, poderá fazer um citologia para avaliar do que se trata.

      Abraços,
      Joana Prata

  5. Boa tarde,

    Minha cachorra está com sinais de gravidez psicológica, ela engordou bastante e as mamas estão inchadas, quando pressionada saiu leite. Gostaria de saber se o fato dela ter produzido leite pode ser prejudicial para a saúde dela e se deveria leva-la ao veterinário.

    Desde já agradeço.

    • Olá Juliana,

      A produção de leite não é prejudicial mas pode ser desconfortável, causando dor quando há grande acumulação de leite ou a formação de quistos nas mamas. Se detetar estes sintomas deverá recorrer ao seu médico veterinário para receitar fármacos que reduzem a produção de leite.

      Abraços,
      Joana Prata

  6. BoA noite!!!
    Tenho uma pinscher e tem 2 anos hoje percebi q ta com gravidez imaginária. ela ta cuidando do gatinho de pelúcia, tem leite,ta agressiva.
    Oq fazer pra secar o leite
    Obs ela nunca cruzou
    Desde ja agradeço

    • Olá Betiana,
      A gravidez psicológica termina naturalmente quando o organismo reduzir a concentração das hormonas. O seu médico veterinário poderá receitar medicações para ajudar a secar o leite. Em casa, apenas podem evitar tocar (e que a cadela toque) nas mamas, o que estímula a descida do leite.

      Abraços,
      Joana Prata

  7. Minha cadela esta com gravides psicologica pela segunda vez. Ela toma gardenal 2x por dia. Suas mamas estao enormes ai meu Deus o q eu faço?

    • Olá Simone,
      É natural a glândula mamária expandir na gravidez psicológica. Tente reduzir os estímulas nas mamas, pois levam ao seu aumento e à produção de leite. Evite tocar e coloque o cone na cadela.
      Abraços,
      Joana Prata

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor introduza o seu comentário
Por favor introduza o seu nome aqui