Higiene oral do cão: como lavar os dentes ao seu cão

Manter uma boa higiene oral é importante para manter dentes e gengivas saudáveis. Os cães, tal como nós, acumulam tártaro que pode originar cáries, perdas de dentes e periodontites (inflamações das gengivas). Apesar da sua importância, as opiniões dos profissionais dividem-se quando se menciona a rotina de saúde oral.

Destartarização

É um procedimento realizado pelo veterinário. O cão terá que ser anestesiado para permitir a completa limpeza da boca. O destartarizador ultra-sónico remove o tártaro sobre os dentes e sob a gengiva. No final os dentes são polidos com uma pasta que permite alisar a superfície e dificultar a adesão de tártaro.

Antes deste procedimento, o seu veterinário poderá indicar a utilização de um antibiótico (metronidazol e estreptomicina). Este é excretado na saliva e permite evitar infecções. Também poderá ser sujeito a radiografias orais para avaliar o estado de saúde dos dentes. Se o seu cão é sénior será aconselhado fazer uma análise sanguínea antes de qualquer anestesia.

 

Escova de dentes para cães

A escovagem deverá ser introduzida aos 4 meses e treinada tal como as restantes tarefas de limpeza. Inicialmente use os seus dedos e massaje a pasta dos dentes nos dentes do seu cão. Quando já estiver confortável passe à escova de dentes.

A pasta de dentes deve ser especifica para animais e normalmente é uma substância enzimática. Existem vários tipos de escovas de dentes para cães, algumas que encaixam no dedo e outras com cabo. Escolha a que melhor se adapta ao seu cão. Na falta de escova de dentes, enrole uma gaze no seu dedo e esfregue a pasta enzimática sobre os dentes.

Como treinar o cão a lavar os dentes

Inicialmente deve treinar o cão a deixar-se mexer na boca. Lavar os dentes depois do exercício pode facilitar visto que o cão está cansado. Levante os lábios e massaje com o dedo as gengivas e dentes. Fale com o seu cão em tom calmo e vá dando guloseimas. Vá estendendo o tempo das massagens circulares sobre os dentes.

Como lavar os dentes ao cão

Ponha alguma pasta na escova e deixe o cão lamber. Levante os lábios e esfregue gentilmente a pasta. Dê uma guloseima se ele se porta bem. Algumas pessoas também usam uma ferramenta para raspar a placa. No entanto se mal utilizada poderá lesar as gengivas do seu cão.

Com que frequência se lava os dentes ao cão

Idealmente deveriam ser lavados uma vez por dia. No entanto as recomendações variam e muitos donos não têm disponibilidade para o fazer diariamente. A frequência também depende da anatomia e dieta do seu animal.

Brinquedos e rações profiláticos

Alimentação e brinquedos podem ser usados como complementares da higiene oral e são mais fáceis de instituir do que a escovagem de dentes. No entanto não a devem substituir por completo.

A alimentação com ração seca mantem os dentes mais limpos. A ração seca parte-se entre os dentes, limpando e acumulando menos detritos.

Brinquedos de roer também têm um efeito positivo. Poderão ser feitos de propósito para a higiene oral e conter feixes que lavam os dentes quando mordidos e até libertar substâncias favoráveis à saúde oral. Pensa-se que mesmo um simples osso de roer de couro já tem um impacto positivo.

Benefícios da saúde oral

Um cão com uma óptima saúde oral vai manter os seus dentes durante toda a vida. O seu hálito não será desagradável e os dentes serão brancos. A higiene oral não é um quebra-cabeças. O ideal é fazer uma ração equilibrada que não forme tártaro e placa, utilizar brinquedos de roer e lavar os dentes. A cada 3 a 6 meses, faça uma destartarização no veterinário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *