Otites no cão: sintomas e tratamentos

As otites, ou infecções do conduto auditivo, são comuns em cães. Raças de orelhas caídas ou com muito pêlo estão predispostas a esta patologia. 

Sinais de otite

Quando o cão tem otite abana a cabeça, coça a orelha ou pende a cabeça para o lado afectado. A pele do interior da orelha poderá estar vermelha, conter exsudados e ter um cheiro desagradável.

 

O que fazer se o meu cão tem uma otite?

Se suspeitar de otite deverá visitar o seu médico veterinário. Este examinará o ouvido do seu cachorro, podendo observa-lo com o otoscopio e até recolher exsudados para observar no microscópio.

Causa de otite no cão

As otites podem resultar de inúmeros processos. As causas mais frequentes são por agentes, como o Octodectes (ácaro) ou Malassezia (levedura). Outras causas são feridas ou corpos estranhos que estejam alojados no canal auditivo. Se o seu animal sofre de uma doença auto-imune or alergias poderá observar manifestações sob a forma de otites. Alguns animais são predispostos a infecções do ouvido recorrentes devido à conformação anatómica da sua orelha ou devido à entrada de água.

 

 

Quais os tratamentos para otite nos cães?

A limpeza do canal auricular com produtos próprios poderá facilitar a terapia eliminando a sujidade. O produto de limpeza deverá ser indicado pelo médico veterinário.

Em caso de ruptura da membrana timpânica, só se pode utilizar soro salino ou ácido acético. Nos restantes poderá utilizar-se soluções limpeza ou ceruminolitícos. Por via sistémica poderão ser administrados antibióticos, anti-fungícos ou corticosteroides dependendo da origem do problema.

Perigos da otite no cão

O conduto auditivo tem uma forma tubular. Durante a inflamação o diâmetro diminui podendo até estar fechado por completo. Durante a recuperação, devido à fibrose decorrente da resposta inflamatória, não há recuperação completa do diâmetro original. Com otites recorrentes o canal vai fechando cada vez mais. Um conduto auditivo fechado é mais húmido e tem menos oxigénio, favorecendo o aparecimento de infecções.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *