Úlcera da córnea em cães: como tratar?

A úlcera da córnea em cães (também chamada de úlcera ocular canina ou quetatite úlcerativa) consiste numa lesão de profundidade variável na superficie da córnea. Poderá ser considerada uma ferida, como arranhão ou punção na córnea. A córnea é a estrutura transparente no olho que permite a passagem de luz e protege o olho.

Em cães, a maioria das úlceras são causadas por trauma: arranhões de unhas, objectos estranhos no olho ou químicos. Assim, partículas, areias, galhos ou arranhões acidentais podem originar úlceras oculares caninas. Outras patologias podem envolver o olho seco (falta de lágrima como na queratoconjuntivite seca), infecções, e doenças endócrinas como diabetes ou problemas de tiroide (hipotiroidismo, hipertiroidismo).

Cães braquicefálicos (de focinho achatado) ou com morfologias de palpebras anormais (entrópio e ectrópio) estão mais predispostos ao aparecimento de úlceras ocular canina. No cães braquicefálicos, os olhos salientes estão mais expostos às agressões ambientais. Na lagoftalmia, uma morfologia anormal da palpebra, o cão não consegue fechar as pápebras por completo. O olho fica exposto ao ambiente e seca mais, predispondo a lesões.

A infecção também poderá resultar em úlceras, mas é mais comum o aparecimento secundário à ulceração. Se o seu animal apresenta secreção branca semelhante a pús na úlcera, é provável que a úlcera esteja infectada.

Sem tratamento adequado, a úlcera ocular canina pode levar à perda de visão. Se desconfia de úlceração, deverá levar o seu cão ao veterinário o mais rápido possível. Um tratamento precoce permitirá melhor taxas de sucesso.

Sinais de úlcera da córnea em cães

Os sinais de úlcera da córnea em cães consistem em dor ocular, irregularidades na superfície da córnea, inchaço da córnea e aparecimento de vasos sanguíneos na córnea.

As úlceras da córnea são patologias extremamente dolorosas. Se o seu cão tiver uma úlcera da córnea, será comum vê-lo a coçar o olho com a pata ou em superfícies da casa, piscar o olho com frequência e lacrimejar. Devido à dor e possibilidade de cegueira, deverá sempre levar o cão ao médico veterinário.

Poderá ser possível observar a irregularidade na córnea ou mesmo um buraco na superfície. Os olhos podem ficar avermelhados. Isto deve-se ao aparecimento de vasos sanguíneos decorrente da inflamação e cicatrização.

 

Tipos de úlceras de córnea caninas

  • Úlcera superficial não complicada: quando a lesão é superficial e pouco grave;
  • Úlceras indolentes: úlceras superficiais em que a cicatrização não ocorre;
  • Úlceras profundas: quando a lesão é profunda, portanto com maior risco;
  • Úlceras totais e descemetocélio: quando a úlcera é tão profunda que já só há uma camada da córnea na lesão ou há profuração. Emergência.

 

Diagnóstico da úlcera da córnea em cães

Para determinar a presença da úlcera na córnea em cães, o médico veterinário irá utilizar fluoresceína. Esta substância, aplicada em gota ou fita, irá corar de verde a zona da úlcera da córna (devido à particularidade do tecido mais interno). Assim é possível observar a presença das úlceras de córnea.

O médico veterinário irá avaliar a profundidade de úlcera, bem como a presença de factores que possam complicar a recuperação. Estes poderão ser infecções, prefuração ou dissolução da estrutura.

 

Tratamento da úlcera da córnea em cães

O tratamento consiste na facilitação da cicatrização da córnea, muitas vezes pela aplicação de colírios para a úlcera da córnea em cães.

O tratamento e úlceras superficiais consiste em antibiótico tópico (colírio) e remoção da causa (ex. remoção do objecto presente no olho). Estas úlceras curam-se dentro de uma semana. Também poderá ser utilizado atropina ou tropicamida, que relaxam a pupila e reduzem a dor. No entanto, poderão reduzir a produção de lágrima sendo necessário aplicar lágrimas artificiais. Pode ser indicado a utilização do colar Isabelino (cone) para evitar que o cão arranhe o olho ao coçar.

Em úlceras profundas, faz-se um tratamento semelhante ao das úlceras superficiais. No entanto, se a úlcera ultrapassar mais de 50% da espessura da córnea está indicada cirurgia. A cicatrização ocorre dentro de um mês.

Em úlceras totais, o tratamento é uma emergência. Deve-se fazer cirurgia. A cirurgia consiste em fazer a sutura, fazer flaps de tecidos próximos (cobrir a úlcera com esse tecido) ou transplantes.

As úlceras complicadas ocorrem quando há factores de risco que atrasam a cicatrização ou destroem a córnea (ex. infecção, uveíte, queratodermatite seca, morfologia anormal das palpebras). Neste caso aplica-se antibiótico tópico, soro, sendo por vezes indicada a atropina (dependendo da patologia subjacente). Poderão ser recomendados anti-inflamatórios. O tratamento é ao frequente (a cada hora) e é necessário reavaliação diária. Por isso, estes animais deverão ser internados.

As úlceras indolentes são úlceras superficiais recorrentes e de cura lenta. Aparecem principalmetne em animais idosos. Deve procurar-se outras causas para úlceras da córnea com estas características. Podem ser por doenças que alteram as camadas de células da cónea. Neste caso, o tratamento faz-se pela remoção da camada de células afectada (com zaragatoa ou por cirurgia), seguida de medicação tópica. Em casos difíceis, pode ser necessário cirurgia para estimular o crescimento.

A úlcera do olho de cachorro tem cura. A cicatrização da córnea sem acompanhamento médico poderá levar à sua opacificação e a cegueira. Com acompanhamento médico, poderá haver um período de opacificação de córnea seguido de resolução.

186 comentários em “Úlcera da córnea em cães: como tratar?”

  1. Silvia Helena Damas

    Olá. Minha cachorrinha foi diagnosticada com úlcera ocular no olhinho esquerdo faz uma semana. A veterinária passou um colírio a base de antibiótico e um colírio lubrificante para usar durante 7 dias até o retorno. No entanto o tratamento aparentemente parece estar dando certo, mas hoje percebi o outro olhinho com secreção e vermelhinho. É possível afetar os dois olhinhos???

    1. Joana Prata

      Olá Silvia,

      É possível que a úlcera da córnea afete ambos os olhos do cão principalmente quando tem uma origem em infecções, doenças endócrinas ou queratoconjuntivite seca em ambos os olhos. Deverá voltar à clínica veterinária para ajustarem o tratamento e avaliarem a causa da úlcera.

      Abraços,
      Joana Prata

        1. Joana C. Prata

          Olá Elia,
          A úlcera da córnea deverá ser diagnosticada por um médico veterinário. Só após confirmar o diagnóstico é que poderá ser planeado o tratamento. As melhoras 🙂
          Abraços,
          Joana Prata

      1. Olá estou desesperada . E no momento não tenho como levar meu pete no veterinário . Meu pete tá com a primeira camadinha do olho arranhado já está tipo azul a camadinha do olho dele . Estou passando um colírio recomendado mais estou com medo de ser ou ficar grave me ajude por favor ??? O arranhão não está fundo é um arranhado leve

        1. Joana C. Prata

          Olá Julia,
          A avaliação e cuidados veterinários terão que ser presenciais. Fale com o seu médico veterinário para encontrar um compromisso no pagamento do serviço. A úlcera da córnea é muito dolorosa e sem cuidados apropriados, poderá aprofundar e comprometer a função do olho. Logo, recomendo que visite o médico veterinário com urgência.
          As melhoras 🙂
          Joana Prata

          1. Nem sempre os veterinários tem razão. Meu pinsher ficou com ulcera de. Córnea e o veterinário com CRMV não me deu esperança nenhuma e já sugeriu arrancar o olho do meu. Cachorrinho. Eu mesma tratei e curei e ele esta recuperado. Se eu tivesse $$ e tivesse escutado o veterinário, a esta altura meu cachorro estaria sem um olho !

          2. Joana C. Prata

            Olá Mariza,
            Não é possível avaliar se a manutenção do olho realmente seja a melhor opção para o cachorro. Existem condições de glaucoma que são altamente dolorosas e podem acompanhar traumas físicos (com úlcera) no olho. Lesões oculares são das mais dolorosas possíveis. Por isso, recomendava que procurasse uma segunda opinião.
            Abraços,
            Joana Prata

        2. Minha cadela também tem um úlcera leve, o veterinário receitou o colírio oflox, leve o seu cãozinho o colírio é barato só 35 reais mais a consulta, você não vai gastar muito.

          1. Joana C. Prata

            Olá Claudiana,
            O tratamento não tem que ser necessariamente caro e muitas clínicas conseguem facilitar o pagamento. Dito isto, deve-se ter em consideração que nem todos os casos são iguais e os tratamentos poderão variar.
            Abraços,
            Joana Prata

  2. Delfinete santana do santos

    Ola meu cachorro tem quase 13anos foi diagnosticado com ulcera ocular estamos trantando com colirios,soro canino,que oftalmo passou mas não melhorou ja tem mais de 3 meses que começamos o tratamento e nada
    O oftamo não quer fazer a cirurgia pela idade, e tem problemas cardiacos.
    O que Faço?

    1. Joana Prata

      Olá Delfinete,

      Se a úlcera é superfícial e não cura, é possível que seja resistente devido a algo que está a causar a úlcera. Pode procurar com o seu veterinário a causa da úlcera, como patologias infeciosas.

      Abraços,
      Joana Prata

  3. Ola meu cachorro foi diagnosticado com ucera ocular estou fazendo todo o tratamento ,mas ele esta chorando com muita dor,qual remédio posso dar p ele p aliviar a dor ?
    Sera que posso dar dipirona p ele?

    1. Joana Prata

      Olá Melyssa,

      Não deverá dar nenhuma medicação sem recomendação do médico veterinário. Poderá pedir ao seu médico veterinário colírios para as dores, como atropina. As melhoras para o cachorro 🙂

      Abraços,
      Joana Prata

  4. Silvana Silveira

    Bom dia tenho um pintcher de 12 anos 1 k e 400..usa colírio Tobrex direto faz mais de 1 ano e nada de melhorar ja tomou estomorgil tbm…por último o branco do olho ta irritado muira secreção limpo 3 x ao dia a boliha do olho aparece uma veinha vermelha ta vermelha tbm e um.pontinho amarelo muiti pequeno e com muita dor …é curúgico esse caso qual a melhor opção fazer é necessário a retirada do olho ou outra tipo de cirurgia ou outro tratamento q pode ser feito? Muito obrigado quero meu cãozinho sem dor

    1. Joana Prata

      Olá Silvana,

      É difícil fazer essa avaliação sem conhecer o caso presencialmente. Poderá adaptar o tratamento, fazer a cirurgia com o flap ou até remover o olho. Essa opção terá que ser discutida com o seu médico veterinário. As melhoras 🙂

      Abraços,
      Joana Prata

  5. Meu cão está com uma úlcera na córnea, está no início, estou pingando Tobrex a cada 8 hsmas queria saber se causa embaçamento da visão, pois ele parece não enxergar qdo jogo pedaços pequenos de petisco no chão.

    1. Joana Prata

      Olá Mirian,

      A cicatrização da úlcera poderá originar uma aparência esbranquiçada da córnea e impedir a visão perfeita. Dependendo da extensão da lesão, a córnea poderá recuperar parte da sua transparencia normal. Continue o tratamento como recomendado. As melhoras 🙂

      Abraços,
      Joana Prata

  6. Viajei uns dias e quando cheguei meu cão estava com a vista rucinha
    Limpei com soro e ficou limpa mas tinha uma imperfeição sinhá mas ta voltando a
    Ficar russa oq Fasso?

    1. Joana Prata

      Olá Bianca,

      Necessita de levar o seu cão ao médico veterinário para ser avaliado para úlcera da córnea. Se realmente for este o problema, a medicação conveniente será receitada pelo seu médico veterinário.

      Abraços,
      Joana Prata

      1. CRISTIANE CANDIDO NEGRAO

        boa noite tenho um York de 2 anos e meio,ele está com os 2 olhos lagrimejando diariamente,limpo e em seguida já aparece lágrima,não tem cor somente lágrima parece q está chorando,isso tem quase 1 ano…qual especialista devo levá-lo.. em um oftalmo ou no veterinário mesmo ,conheço uma veterinário ela não é especialista oftalmo, mas ela faz os exames e até cirurgias no olho..estou em uma grande dúvida onde leva o meu cão me da uma luz por favor…..

        1. Joana C. Prata

          Olá Cristiane,
          Poderá levar ao médico veterinário de clínica geral. Se for necessário, ele irá reencaminhar para um especialista em oftalmologia.
          As melhoras,
          Joana Prata

  7. Minha cachorra foi diagnosticada com úlcera da córnea, ja estou fazendo o tratamento com aplicação de pomada é normal o olho ficar esbranquiçado?
    E ela esta bem indisposta só quer ficar deitada com olhoa fechados isso é normal?

    1. Joana Prata

      Olá Carla,

      O esbranquiçado deve-se à reação da cornea à lesão e ao processo de cicatrização. Como a lesão da córnea é muito dolorosa, é normal que a cadelinha esteja mais parada.

      Abraços,
      Joana Prata

  8. Olá, temos uma york de 3 aninhos que foi diagnosticada com úlcera de córnea há 3 dias (Ela voltou com as lesões depois de ir ao pet tosar).
    Estamos usando o ciprovet de 12/12h por 7 dias. No começo ela tinha fotofobia, lacrimejamento e dificuldade de abertura ocular. Passado 2 dias do medicamento notamos uma melhora clínica otima! Ela não tem mais fotofobia, abertura ocular está normal, só reclama um pouquinho na hora de pingarmos o colírio (que acredito ser normal). Entretanto, observamos algo que parece uma protuberância, tipo uma casquinha em um dos olhos que teve a lesão, gostaria de saber se isso pode acontecer devido a cicatrização e se pode sumir com o tempo.
    A outra dúvida é que devido ao colirio as vezes pegar um pouquinho no pelo perto dos olhos, tem ficado mais endurecido o pelo, gostaria de saber se poderia estar limpando essa regiao com algo.
    Muito Obrigado, a postagem foi de muita utilidade!

    1. Joana Prata

      Olá Natan,

      Ainda bem que está a recuperar a olhos vistos 🙂 É normal observar uma reação de cicatrização a iniciar-se nas bordas da úlcera, o que pode ser a “casquinha” que observa. Caso evolua para algo mais exuberante ou apresente pús deverá voltar à clínica veterinária. Pode limpar os restos de medicação à volta do olho com soro fisiológico estéril. No entanto não é aconselhado colocar este soro diretamente no olho pois pode “lavar” a medicação que acabou de aplicar.

      Abraços,
      Joana Prata

  9. Simone Lopes

    Olá, tenho uma Shi-Tzu de 11 meses e ela foi diagnosticada tbm com úlcera de córnea, foi feito o tratamento com ciprovet de 4 em 4 horas junto com lágrima plus, atropina e eptigel, porém no retorno ao veterinário foi dito que a úlcera aumentou! Isso é possível mesmo fazendo o tratamento? E se for possível o porque dessa piora?? Agradeço desde já!

    1. Joana Prata

      Olá Simone,
      A úlcera pode piorar porque a sua causa não foi eliminada ou porque o cachorro coça o olho piorando a ferida. Está a usar o colar isabelino?
      Abraços,
      Joana Prata

  10. Olá meu cahorrinho está com úcera de corne não achei oftalmo para atende lo,o veterinário passou 3 colírios mas disse que ele precisa de cirurgia,mas como não acho oftalmologista a minha dúvida é,vai cicatrizar? não sai secreção nenhuma e ele responde bem aos reflexos,obrigada!

    1. Joana Prata

      Olá Natália,
      A necessidade de cirurgia depende da profundidade da úlcera e das complicações, que pioram o prognóstico apesar de ser possível recuperação. Pode tentar encontrar um médico veterinário oftalmologista em hospitais veterinários universitários próximos.

      Abraços,
      Joana Prata

  11. Tenho um Poodle de 15 anos que está tratando de cinomose , e percebi que ele.esta com esse “buraquinho” na córnea , porém ele tbm está começando a ficar com catarata .. esse buraquinho pode ser úlcera da córnea? Ou ele pode.ter relação com a cinomose ou catarata?

    1. Joana Prata

      Olá Diuliana,
      A cinomose pode cursar com úlceras da córnea (o tal buraquinho na córnea que refere), que são muito dolorosas e requerem tratamento médico. Poderá ter em simultâneo cataratas, que frequentemente são confundidas com a degeneração natural do cristalino decorrente da idade e que não impede a visão. A catarata afeta apenas o cristalino e não poderá causar úlcera da córnea.
      Abraços,
      Joana Prata

  12. Olá boa tarde meu cachorro foi diagnosticado com úlcera de córnea, estou fazendo o tratamento com ciprovet já tem 4 dias e a úlcera parace abrir é mais ,não vejo melhora oque fazer nesse caso ?

    1. Joana Prata

      Olá Tais,
      Se acha que o tratamento não está a ser eficaz o cão deverá voltar a ser avaliado pelo médico veterinário.
      Abraços,
      Joana Prata

  13. Boa noite tenho uma filhote de Shith Zu com 40 dias e já tem uns 20 dias que percebi uma mancha esbranquiçada na córnea do olhinho dela.minha cunhada me disse para usar trobex ..mas estou com medo …tem uma recomendação para mim? Obrigada

    1. Joana Prata

      Olá Cláudia,
      Em princípio será uma úlcera da córnea, mas há mais patologias, como o glaucoma, que também causam esbranquiçamento da córnea. Logo, o diagnóstico e tratamento devem ser feitos por um médico veterinário. Deverá levar com urgência, uma vez que já passou muito tempo e normalmente são patologias dolorosas.
      Abraços,
      Joana Prata

  14. Sílvia Aparecida Santos de Lima

    Hoje esta completando um mes de tratamento do meu pet Maylon 5 anos de idade , foi diagnósticado recentemente ulcera de córneas grave .. graças a Deus tive boas notícias da oftalmologista essa semana., nao vai precisa de cirurgia . Deus vez a obra fez um milagre pq estava grave a úlcera nos dois olhos.. Ainda esta em tratamento usando tres tipos de colírios e era tres caixa de comprimido e ja tomou todas.. acho que envelheci uns 10 anos de preocupação.

  15. tenho raça shitzo elas acontece de lesar a cornia,uso tobramicina 1 gota de 8/8 hrs e apos 5 minuto 1 gota de lubrificante para os olhinhos.
    graças a Deus elas recupera logo!bjs abraço

  16. Priscila Araujo

    Meu shi tzu voltou do pet shop com uma ulcera apos banho e tosa.Usando colirios atropina, nevanac , vigamox e edta.É possivel a cura com esses colirios e assim evitar a cirurgia?

    1. Joana Prata

      Olá Priscilia,

      A cirurgia é recomendada em casos raros onde a perfuração é funda ou não há recuperação. Por isso, em princípio o seu cachorro ficará curando apenas com essa medicação receitada pelo seu médico veterinário.

      Abraços,
      Joana Prata

  17. Regiane Alves

    Bom dia minha cachorrinha foi diagnosticada com ulcera de cornia levei noe veterinário ele passou um colirio still e uma pomada chamada regencel mais ja tem cinco dias de tratamento e não vejo melhora ela quase não cocava o olho e nem ficava sem conseguir abrir mais hj ela acardou com o olho sem conseguir abrir e está muito quetinha so ter ficar deitada pode ter tido um piora

    1. Joana Prata

      Olá Regiane,
      As pálpebras podem ficar “coladas” devido às remelas ou até a alguns cremes. Para as soltar, deve passar uma gaze ou algodão embebido em soro ou em água morna levemente e tentar abrir com muito cuidado. Aí de seguida pode aplicar o tratametno. Se acha que o tratamento não está a funcionar também aconselhamos a voltar à clínica veterinária. Algumas formas de úlcera da córnea têm motivos subjacentes (ex. outra doença).
      Abraços,
      Joana Prata