Rações vegetarianas e veganas para cães e gatos

Os cães e gatos podem alimentar-se de rações vegetarianas e veganas e serem saudáveis. É um tipo de ração sustentável e livre de crueldade. São alternativas a dietas carnívoras.

As rações vegetarianas e veganas incluem ingredientes vegetais, como cereais, legumes e frutas. São exemplos vegetais de lentilhas, feijão, arroz, quinoa, batata-doce, brócolo, couve, cenouras e bagas.

No entanto, é importante ter atenção a alguns nutrientes que faltam em dietas vegetarianas e veganas. É o caso da taurina ou L-carnitina. Logo, recomendamos que utilize uma ração comercial em vez de fazer uma alimentação caseira.

Se quer alimentar o seu cão ou gato com uma ração vegetariana ou vegana, recomendamos que leia os diversos argumentos que apresentamos detalhados neste artigo.

O que são as rações vegetarianas e veganas?

As rações vegetarianas e veganas (ou vegan) são produzidas a partir de ingredientes à base de plantas. Esta alimentação evita utilizar ingredientes de origem animal (ex. carne) de forma a reduzir a crueldade e o impacto ecológico.

As dietas vegetarianas e veganas são rações sem carne, em que se utilizam proteínas de origem vegetal. A diferença entra a ração vegetariana e vegan é a sua rigidez na inclusão de produtos de origem animal.

A ração vegetariana permite incluir produtos animais que não requeiram a morte do animal. Permite a inclusão de alguns produtos, como ovos, leite e mel. Já a ração vegana não deverá conter qualquer tipo de produto de origem animal na sua composição.

Uma dieta vegetariana ou vegana opõe-se a uma dieta à base de carne crua (BARF). As rações vegetarianas ou veganas dificilmente serão também rações sem cereais, pois estes são uma boa fonte de nutrientes.

Porque é que os cuidadores escolhem uma alimentação vegetariana ou vegan para o seu cão ou gato?

O vegetarianismo e veganismo continuam a aumentar mundialmente. A mesma tendência é registada na alimentação animal.

Prevê-se que o mercado mundial de rações veganas cresça 7.7%, atingindo os 15 mil milhões de dólares em 2028. Então porque é que os cuidadores preferem rações vegan ou vegetarianas?

Os cuidadores que fornecem rações vegetarianas ou veganas tem preocupações de origem ética, religiosa e com a saúde dos seus animais. Consideram imoral abater vacas, porcos, aves e coelhos para alimentar animais de companhia, mesmo sendo secundário à produção alimentar humana.

Para além do ato de matar outro animal para alimentação, as atuais condições da exploração pecuária e o impacto na natureza são também um fator importante.

A produção animal moderna é associada a problemas de bem-estar animal, por vezes sujeitos a práticas desumanas e condições de vida desadequadas. A pecuária é também um dos principais poluidores do planeta, sendo responsável pelo consumo de água e libertação de gases de efeito de estufa.

Os cuidadores que escolhem uma ração vegetariana ou vegan podem ainda fazê-lo como forma de não apoiar a indústria da carne. Vêem a utilização de subprodutos animais nas rações dos cães e gatos como uma forma de rentabilizar esta indústria.

No entanto, a produção atual das rações veganas e vegetarianas pode estar a ser contaminada na linha de produção por rações contendo carne. Num estudo, 14 rações vegetarianas analisadas por PCR acusaram a presença de ADN de mamíferos, podendo ter origem na contaminação cruzada.

Os preponentes consideram as dietas vegetarianas ou veganas como mais saudáveis. Alegam benefícios no aspeto da pele e pelo, maior vitalidade, melhor condição corporal, e controlo de variadas doenças desde a alergia alimentar, às diabetes e cancro.

Um estudo recente baseado no relato dos cuidadores sugere que apenas 36% dos cães seguiam uma alimentação vegana apresentavam doenças, comparado com 49% seguindo uma ração tradicional.

No entanto, o estudo é limitado ao relato dos cuidadores – podendo percepcionar o seu cão vegano como mais saudável. Apenas será possível confirmar os resultados fazendo um acompanhamento veterinário de animais sujeitos a várias dietas.

outro estudo revelou que de 24 rações vegetarianas para cães e gatos, apenas 8 apresentavam uma rotulagem correta e 6 eram deficientes em pelo menos um dos aminoácidos essenciais. Logo, estas rações não eram condutivas a uma boa saúde.

Ainda não há certezas quanto aos benefícios da ração vegetariana para animais de companhia. Certas alegações dificilmente serão comprovadas como verdadeiras, como os seus benefícios no tratamento da diabetes ou cancro.

Por outro lado, existem argumentos contra o uso de rações vegetarianas e vegan nos animais de companhia. Será que são suportados por evidências?

Os cães e gatos podem ser vegetarianos ou veganos?

Existe muito debate acerca do uso de rações vegetarianas ou veganas para alimentar cães e gatos. Muitas questões são éticas e logo dependem do ponto de vista individual.

O princípio fundamental da nutrição é fornecer os nutrientes suficientes para a manutenção de uma vida saudável, independentemente da sua origem em termos de ingrediente. Logo, uma ração vegetariana ou vegana pode ser saudável desde que forneça os nutrientes necessários.

Os cães são mais tolerantes a estilos de vida veganos, pois durante a sua evolução habituaram-se a comer restos de alimentos humanos. Já os gatos são carnívoros estritos, são mais dependentes de nutrientes essenciais apenas encontrada em produtos animais.

É o caso da taurina, vitamina A, e cobalamina. A taurina nos gatos, ou a taurina e L-carnitina nos cães, são aminoácidos importantes para manter um coração saudável. Uma deficiência de taurina nos gatos provoca uma degeneração da retina (cegueira), cardiomiopatia, e comprometimento do do sistema imunitário.

Segundo a Pet Food Industry, é importante escolher alimentos vegetarianos ou veganos que incluem na sua lista de ingredientes taurina ou L-carnitina, proteína, cálcio, e vitamina D. Também se deve relembrar que alguns alimentos que consumimos são tóxicos, como as cebolas, alho, abate e chocolate.

De um ponto de vista nutricional, é possível produzir uma ração vegana equilibrada e completa. Os cães e gatos conseguem tirar partido dos nutrientes de ingredientes vegetais. No entanto, estas rações frequentemente requerem a utilização de aditivos para garantir uma nutrição adequada.

Alimentar o cão ou gato com ração vegana pode ser visto como contranatura. No entanto, muitos dos cuidados que damos aos nossos animais não são “naturais” (ex. desparasitação), apesar de serem os melhores para a saúde.

A utilização de aditivos, como a adição artificial de taurina na ração vegetariana ou vegana, é também vista como algo pouco natural. No entanto, Dr. Andrew Knight, nutricionista animal, argumenta que todas as rações são suplementadas durante a produção. Logo, não deveremos discriminar as rações vegetarianas ou veganas com base neste argumento.

Nem todas as rações no mercado são completas e equilibradas, como referido anteriormente. Como forma de precaução, os animais deverão ser seguidos regularmente por um médico veterinário, e se necessário, tomar suplementos alimentares.

Também pode-se pensar que as rações veganas não são do agrado dos cães e gatos. No entanto, um estudo comprova que as rações veganas são tão palatáveis como as convencionais – os cães e gatos comem-nas com prazer.

Mas deveremos impor valores humanos (veganismo) ao cão ou gato, antropomofizando o animal? Pode-se alegar que qualquer escolha de ração vai ser realizada no julgamento humano, sendo que não difere para a comida vegetariana e vegana.

Como escolher uma ração vegetariana e vegana?

Recomendamos que escolha uma ração comercial vegetariana ou vegana, uma vez que dietas caseiras são mais difíceis de fornecer uma nutrição adequada. Se optar por uma dieta caseira, deverá administrar um suplemento alimentar sob a supervisão do seu médico veterinário.

Quando escolher uma ração vegetariana e vegana esteja atento ao rótulo. Deverá ser “completa e equilibrada” para garantir que fornece todos os nutrientes necessários.

Tal como mencionamos anteriormente, deverá ter atenção à proteína, taurina ou L-carnitina, cálcio e vitamina D. A maioria das rações vegetarianas e veganas são suplementadas com estes últimos nutrientes, prevenindo deficiências nutricionais.

Bem-vindo a O Meu Animal
Bem-vindo a O Meu Animal

Se o seu animal ainda está em crescimento, é gestante ou lactante, ou tem algum problema de saúde, recomendamos que seja acompanhado pelo seu médico veterinário. Isto porque as necessidades nutricionais variam consoante o metabolismo, sendo estes mais suscetíveis a deficiências.

Deixe um comentário